Síndrome do Túnel Cubital e Radial

A síndrome do túnel cubital e a síndrome do túnel radial não são tão familiares quanto seu parente mais conhecido, a síndrome do túnel do carpo. Mas também podem causar dor intensa, dormência, formigamento e fraqueza muscular nas mãos e nos braços.

 

A causa comum de todas essas síndromes de compressão nervosa é o aumento da pressão (geralmente do osso ou do tecido conjuntivo) em um nervo do punho, braço ou cotovelo. Na maioria dos casos, a síndrome do túnel cubital e a síndrome do túnel radial podem ser tratadas com tratamentos conservadores. Mas casos mais graves podem exigir cirurgia para reduzir a pressão no nervo afetado.

 

A síndrome do túnel cubital (também conhecida como neuropatia ulnar) é causada pelo aumento da pressão no nervo ulnar, que passa perto da superfície da pele na região do cotovelo. Você tem mais chances de desenvolver a síndrome do túnel cubital se você:

 

-Repetidamente encostar no cotovelo, especialmente em uma superfície dura.

-Dobre o cotovelo por períodos prolongados, como ao falar ao celular ou dormir com a mão torta sob o travesseiro.

 

Às vezes, a síndrome do túnel cubital resulta de um crescimento ósseo anormal no cotovelo ou de uma atividade física intensa que aumenta a pressão no nervo ulnar. Os arremessadores de beisebol, por exemplo, têm um risco aumentado de síndrome do túnel cubital, porque o movimento de torção necessário para lançar a bola, pode danificar ligamentos delicados no cotovelo.

 

Os primeiros sintomas da síndrome do túnel cubital incluem:

 

-Dor e dormência no cotovelo;

-Formigamento, especialmente no anelar e dedo mínimo.

 

Sintomas mais graves da síndrome do túnel cubital incluem:

 

-Fraqueza afetando o anelar e dedo mínimo;

-Diminuição da força de preensão das mãos;

-Atrofia da musculatura na mão;

-Deformidade em forma de garra da mão.

 

Se tiver algum destes sintomas, o seu médico poderá diagnosticar a síndrome do túnel cubital apenas com o exame físico. Ele também pode pedir um estudo de condução nervosa e um teste chamado eletroneuromiografia.  É um procedimento no qual os eletrodos colocados nos músculos e na pele medem a saúde dos músculos e das células nervosas que os controlam, para confirmar o diagnóstico, identificar a área de dano do nervo e determinar a gravidade da doença.

 

A síndrome do túnel radial é causada pelo aumento da pressão no nervo radial, que corre pelos ossos e músculos do antebraço e do cotovelo. Causas incluem:

 

-Tumores gordurosos não cancerosos (lipomas);

-Tumores ósseos;

-Inflamação do tecido circundante;

 

Os sintomas da síndrome do túnel radial incluem:

 

- Dor aguda no alto do antebraço ou das costas da mão, especialmente quando você tentar endireitar o punho e os dedos.

-Em contraste com a síndrome do túnel cubital e a síndrome do túnel do carpo , a síndrome do túnel radial raramente causa dormência ou formigamento, porque o nervo radial afeta principalmente os músculos.

 

Assim como na síndrome do túnel cubital, se você tiver algum desses sintomas, o seu médico poderá diagnosticar a síndrome do túnel radial apenas com o exame físico. Ele também pode solicitar eletroneuromiografia para confirmar o diagnóstico, identificar a área de dano do nervo e determinar a gravidade da condição.

 

A síndrome do túnel cubital, muitas vezes pode ser tratada, especialmente se a eletromiografia revelar que há uma pressão mínima sobre o nervo ulnar.

 

Casos leves de síndrome do túnel cubital frequentemente respondem a terapias físicas como:

 

-Evitar a pressão indevida no cotovelo durante as atividades diárias.

-Vestindo uma almofada de cotovelo protetora sobre o osso durante as atividades diárias.

-Usando uma tala durante o sono para evitar a flexão excessiva do cotovelo.

 

Nos casos em que a imobilização não ajuda ou a compressão do nervo é mais grave, cerca de 85% dos pacientes respondem a alguma forma de cirurgia para liberar a pressão sobre o nervo ulnar. Cirurgias que resultam na descompressão simples do nervo ulnar, mude o nervo para a frente do cotovelo, mova o nervo sob uma camada de gordura, sob o músculo ou dentro do músculo, apare a protuberância da porção interna do cotovelo (o epicôndilo medial) sob o qual o nervo ulnar passa.

 

Se você se submeter à cirurgia para a síndrome do túnel cubital, a recuperação pode envolver restrições no levantamento e movimento do cotovelo e na terapia de reabilitação. Embora a dormência e o formigamento possam ou não melhorar rapidamente, a recuperação da força da mão e do punho pode levar vários meses.

 

Tratamentos conservadores para a síndrome do túnel radial incluem medicamentos como anti-inflamatórios não esteroides para reduzir o inchaço dos tecidos moles, injeções de corticosteroides para aliviar a inflamação e pressão no nervo radial, e imobilização do punho e/ou cotovelo para reduzir a irritação do nervo radial.

 

Alguns pacientes também podem se beneficiar da educação ergonômica para reduzir os efeitos do estresse repetitivo, exercícios de deslizamento dos nervos, exercícios de alongamento ou fortalecimento e outras intervenções, como calor, frio e ultra-som.

 

Se essas medidas conservadoras não fornecerem alívio após três meses, seu médico poderá considerar a cirurgia para reduzir a pressão no nervo radial. A cirurgia é frequentemente recomendada em casos graves, particularmente naqueles em que o punho se torna fraco ou caído ou torna-se difícil estender os dedos.

R. Menino Deus, 63 , Sala 406

Centro - Florianópolis / SC
Cep: 88020-210

Tels: (48) 3206-7467 | (48) 3012-3424 

Whats: (48) 99125-8585

©2018 idealizado pelo Dr. João Mussi. Criado por MKTEFFECT