...
 
Buscar
  • Dr. João Mussi

Rizartrose

Saiba quais as causas, sintomas e como tratar esta condição.


A rizartrose trata-se de uma patologia que atinge a articulação da base do polegar e ocorre, geralmente, quando há um desgaste da cartilagem, causando dor e deformidade por conta do contato direto entre os ossos.


Causas


Embora não exista uma causa exata, as causas mais comuns dessa condição são: inflamatória, traumática e idiopática (sem causa definida), sendo essa última a mais comum e, geralmente, decorrente do processo natural de envelhecimento.


Em alguns casos, a rizartrose pode ser causada por doenças como artrite reumatoide, gota, infecções na articulação e sequelas de fraturas na região.


Sintomas


O sintoma mais comum da rizartrose é a dor, que em alguns casos pode se tornar intensa e dificultar a realização de atividades cotidianas, como abrir uma porta, abrir potes e garrafas, realizar atividades manuais como crochê e bordados ou mesmo atividades domésticas básicas.


Em casos mais graves, outros sintomas podem estar presentes, como inchaço na região, sensação de ruído e deformidade grave do polegar.


Diagnóstico


O diagnóstico dessa condição é feito por meio de exame físico e de radiografia, sendo a radiografia a responsável por identificar o grau de acometimento da articulação.


Exames como ultrassom e ressonância magnética também podem ser solicitados para descartar a possibilidade de outras doenças, como a tendinite, por exemplo.


Tratamento


O tratamento para a rizartrose pode ser conservador ou cirúrgico.


O tratamento sempre começa de forma conservadora, ou seja, sem cirurgia. Nesse processo, é indicado o uso de órtese para imobilização, medicação anti-inflamatória e, eventualmente, infiltração na articulação com uma medicação.


Tratamentos com fitoterápicos, fisioterapia, terapia ocupacional e acupuntura também podem ser indicados para melhora da dor.


Caso a medicação e a imobilização não tenham o efeito esperado, a cirurgia pode ser indicada.


Nesses casos, o procedimento cirúrgico dependerá do grau da condição, pois existem diferentes técnicas que podem ser empregadas, tal como a artroscopia.


Para a eficiência do tratamento, é importante buscar um atendimento individualizado com um especialista capaz de definir o melhor método para o seu caso.


Consulte um ortopedista especialista em mãos de sua confiança. Valorize a sua saúde e colha qualidade de vida!


41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo