Cisto sinovial do punho e mão

Cisto sinovial do punho e mão

O que são?

Cistos sinoviais são comuns na mão e no punho. As mulheres são mais acometidas pelo cisto e tendo entre a segunda e quarta década de vida o período de maior incidência. Eles ocorrem perto das articulações e tendões. Os locais mais frequentes são a superfície dorsal do punho, a superfície palmar do punho virada para a artéria radial, a base dos dedos e as pontas dos dedos antes da unha.

São mais ou menos volumosos, de consistência macia e são preenchidos com líquido sinovial viscoso, geralmente translúcido, porém pode apresentar uma tonalidade sanguinolenta em alguns casos.

A razão do surgimento de um cisto é desconhecida. Eles são capazes de apresentar-se após sobrecarga de serviço, esforço significante ou de forma associada à irritação do tendão.

Íntima relação do cisto sinovial volar e a artéria radial. (Imagem retirada do livro Green's Operative Hand Surgery 7th edition)

Nos casos de cistos mais volumosos, a opção do tratamento artroscópico é uma grande vantagem tendo em vista que cicatriz será muito menor.

Sintomas

Os cistos sinoviais são pouco sintomáticos, podendo ser causado pelo bloqueio de alguma articulação, compressão de algum nervo ou irritação de tendão. Contudo, a principal queixa dessas tumorações é a o aspecto cosmético.

A sua localização pode ser no dorso do punho, na articulação distal do dedo, na região volar do punho ou mesmo em anexo a um tendão.

Diagnóstico

Isto é feito pelo exame clínico do médico. A localização do cisto e sua consistência são reveladoras, geralmente arredondadas ou ovais, de consistência macia. Eles são menores e duros nos dedos. Uma avaliação por raios X pode ser útil. Os cistos digitais são constantemente associados à osteoartrite digital. O ultrassom é conveniente com o objetivo de identificar o tamanho do cisto, sua relação com a articulação e os vasos subjacentes.

Tratamento

O tratamento dos cistos sinoviais geralmente é não cirúrgico devido aos poucos sintomas e consiste em uma imobilização temporária no punho e sintomáticos.

Caso necessário o tratamento cirúrgico algumas técnicas podem ser utilizadas dependendo da localização do cisto. Neste artigo vamos nos atentar aos cistos de punho, deixando os de bainha de tendão e o mucinoso para um outro artigo.

Para estes, as técnicas possíveis são a aberta e a artroscópica. No procedimento aberto, o cisto é retirado através de uma incisão geralmente um pouco menor que o tamanho do cisto. No caso da técnica artroscópica, o cisto é retirado através de duas pequenas incisões na qual por uma é introduzido uma câmera e na outra uma lâmina que "come" o cisto por dentro da articulação. Ambas as técnicas apresentam ótimos e similares resultados.

Apesar de ambas as técnicas serem viáveis de serem utilizadas para quaisquer cistos de punho, eu, pessoalmente, tenho a preferência em utilizar a técnica aberta para os cistos da região volar, pois o mesmo se encontra muito próximo da artéria e, portanto, uma dissecção mais delicada se faz necessária. Outra indicação para técnica aberta é para cistos menores nos quais a própria incisão já é bem pequena.

R. Menino Deus, 63 , Sala 406

Centro - Florianópolis / SC
Cep: 88020-210

Tels: (48) 3206-7467 | (48) 3012-3424 

Whats: (48) 99125-8585

©2018 idealizado pelo Dr. João Mussi. Criado por MKTEFFECT